Transcrição do vídeo gravado por Nilton Schutz em 18/Junho/18

 

Hoje vamos conversar sobre os mitos que as pessoas falam sobre limpezas energéticas.
O que é realmente uma limpeza energética?
Ouvimos muito sobre poluição energética, incensos, velas, cristais, arruda e demais crendices.

Como sempre, aqui é colocado meu ponto de vista, você não precisa necessariamente acreditar e aceitar o que será descrito aqui como verdade. São coisas que funcionam para mim e eu ensino nos meus cursos.

Cito constantemente nas minhas aulas, e me apoio no filósofo da Índia, que foi Jiddu Krishnamurti – “Mata o mal em ti que o mal do mundo não te atingirá”.

Muitas vezes as pessoas têm percepções de que outras pessoas mandam energias ruins para elas. Porém, se você não tiver a frequência do que você considera denso e complicado em você, nada te atinge!

Não existe receita melhor para corpo fechado do que consciência. Preservar energias boas em você, pois com isso não existe ressonância. Isto é física. Se você não vibra, e aquilo não tem convergência com você, não te atingirá.
Seja o bem e o bem estará em você, assim o que você chama de mal não te impactará. Não adianta você colocar em prática as dicas que eu vou passar se você mesmo não se melhorar.

O ser humano hoje está impactado pela energia dos 4 elementos.
Quatro elementos através de quatro reinos faz a formação do que somos hoje. Estamos formando o 5° estado de consciência.
Se você abrir os braços e as pernas você é uma estrela de 5 pontas, onde a sua cabeça aponta para cima.

Do mais denso para o sutil, os quatro elementos e seus reinos são:
TERRA (mineral), ÁGUA (vegetal), FOGO (animal), AR (hominal)

Estes 4 elementos automaticamente se associam aos 4 reinos que são expressões das consciências que estes elementos como forças da natureza geram. Eles acarretam conosco, determinadas formas de podermos lidar com estas energias.
O ser humano representa a somatória de todos estes reinos que já se projetaram.

 

TERRA – MINERAL

Dentro de nós temos o mineral como representação, os nossos ossos e minerais que correm em nossas veias, por isso temos condições de dialogar com o reino mineral.

Mas como ele se projeta no ser humano? Faz com que o ser humano aprenda a ter mais estabilidade, que seja menos superficial e aprenda a aterrar o que realmente circunda como consciência dos pensamentos e sentimentos.

Na minha visão, os cristais são captadores de energia por excelência. Numa forma de aplicação prática, você ter um mineral na sua mesa de trabalho, por exemplo, oferece uma energia de aterramento. Então onde está a limpeza energética?

Se você está meio desconectado com esta força de realização, de estabilidade… com esta força de manifestar ou enraizar determinados projetos que tenha, uma pedra ou principalmente cristal é fantástico para atrair essa energia de aterramento.

Você ter eles próximos, com consciência de que você os colocou no determinado lugar com este objetivo, podem limpar todas as energias que não estão correspondendo com esta sua força de realização.

A verdadeira magia está como expressão da vontade e consciência de cada um.

 

ÁGUA – VEGETAL

O reino vegetal só tem condições de se propagar quando a água cai no elemento terra (mineral) que está fixo, se transformando em vegetal, crescendo, dando flores e frutos. Morre… seca… nasce novamente. Este reino traz uma linguagem em relação a um estado de consciência.
Se o mineral é o físico, o vegetal representa o vital… A energia que dá vitalidade a energia do mineral, oferecendo o movimento.

No corpo humano, representado pelo sistema nervoso. Toda água que circula no seu corpo representa o reino vegetal em nós, originando saúde e energia.
A limpeza energética do vegetal em relação ao ser humano representa a possibilidade de gerar mais saúde e vitalidade.

Existem vários tipo de plantas, a arruda, o alecrim ou a sálvia por exemplo, tem condição de tirar as energias densas que estão no seu corpo vital.

Um termômetro vegetal de saúde e vitalidade para ter na sua casa é uma pimenteira. Ela tem condições de entrar em sintonia com energias densas e causar atrito. Posteriormente ela seca. Por isto o mito do seca pimenteira.

Entrar em contato com vegetais, abraçar uma árvore, conversar com uma planta, tendo a consciência e o entendimento que ali existe vitalidade, uma energia fantástica, isso vitaliza a sua saúde.
Existem vários tipos de vegetais que se você entra em contato, com consciência, ela limpa todas as energias que estão atrapalhando a fluência do seu corpo vital.

 

FOGO – ANIMAL

Agora vamos para o elemento fogo. Nenhuma planta tem o elemento fogo. Você rega as plantas com água e não com fogo.

Quando as hierarquias jogam o fogo dentro da planta, ela adquire a força da combustão. Arranca as raízes e sai caminhando, aí surge o reino animal. Quem originou isso foi a consciência do elemento fogo que é a consciência astral.

Quando nós falamos do reino animal e da consciência astral, isto se projeta no ser humano como nosso sistema circulatório, o sangue é o que conduz tudo através das nossas veias. O sangue conduz os minerais, é líquido (representa a água), é quente e vermelho (representa o fogo).

Nas religiões nós vemos muita “magia das velas”. Dizem que ajuda a conduzir a alma que está perturbada… a vela que ilumina, que é luz… crendices de ritos, culturas, tradições que praticamente todas as religiões utilizam.

Quando você acende uma vela (não necessariamente velas, somente porque é mais comum e mais fácil de usar), com o princípio mágico de entender o que ela representa, como a combustão do elemento fogo, ela pode representar uma energia que limpa as energias astrais. (desejos, paixões, motivações, sentimentos)

Por exemplo: Uma pessoa que está com o astral baixo, com uma energia densa voltada ao mundo dos sentimentos, se acender uma vela com esta intenção correta, que é a de entrar em sintonia com o seu próprio corpo astral… com o fogo que está dentro dela… pode ocorrer a limpeza energética astral.

O reino animal tem uma inteligência, mas é uma inteligência instintiva. Você nunca vai ver um animal ir contra sua própria natureza. É aí que vem a diferença do ser humano associado ao elemento ar.

 

AR – HOMINAL

O ser humano tem a possibilidade do discernimento, do seu livre-arbítrio, da escolha. O ser humano pode ser o que ele quiser. Isto vem através do elemento ar. Aí que você entende quando se fala do maná caído dos céus. Maná vem de manas do sânscrito, que quer dizer mente.

O próprio elemento ar como energia espiritual de cada parte do oxigênio traz o que chamam de Chi.
Quando o ser humano respira ele é diferente do animal. O animal quando respira é para alimentar a sua inteligência instintiva.

O ser humano, se começa a evoluir, quando ele respira está em sintonia com essa parte espiritual do que existe em cada parte do oxigênio. Por isso pessoas do oriente e também do ocidente fazem exercícios de respiração, para potencializar esta captação espiritual que está presente no elemento ar.

O mental do desenvolvimento humano é totalmente diferente dos outros reinos, nosso corpo mental, nossos pensamentos, como elaboramos nosso raciocínio é o que vai nos conduzir para um 5° e último elemento.
Elemento ar… a mente… o ser humano… no que se encaixa? No incensoOuvimos muito por aí, vamos incensar, defumar a casa…

Não estamos falando de incensos perfumados que se compra em mercado. Precisa ser uma defumação séria, com bastante fumaça, desta forma, ela limpa o aura mental de onde você está, tanto do ambiente como de uma pessoa.
Se uma pessoa está com a mente confusa, uma defumação feita de forma correta alivia a mente que pode estar densa.

A pessoa que se harmoniza com estes 4 estados de consciência se propícia para entrar no 5° princípio. Aí surge a verdadeira espiritualidade.
O quinto princípio, akasha dos teósofos, é a força de um quinto elemento em construção que representa estas energias universais, quando a pessoa está limpa energeticamente, consegue receber estes eflúvios.

Então, se você estiver com falta de realização, pense em um mineral que pode trazer um aterramento para você. Se você está sem saúde, vitalidade, pense em um vegetal que possa te ajudar.

Se você está com a sua consciência emocional astral baixa, acenda uma vela com o objetivo e potencialize da forma certa.
Se você está com o corpo mental, com as ideias, o raciocínio pesado, pense em dar uma defumada em você, no ambiente, com relação á isso.
E para fortalecer o 5° princípio, esteja em sintonia e convergência com os 4 elementos e fortaleça sua consciência com amor, conhecimento e sabedoria.

 

Que estas dicas contribuam em algo no seu caminho … fraternal abraço … Nilton Schutz

 

Se você quer aprender mais, assista também ao trecho da palestra:

Medição e Harmonização de energias astrais mentais- Radiestesia e Radiônica